Após 65 anos sem diálogo, China e Taiwan realizam encontro histórico

Importantes representantes dos países se reuniram pela primeira vez em Nanquim após a guerra civil de 1949

Após 65 anos sem manter quaisquer laços diplomáticos, China e Taiwan realizaram nesta terça-feira (11/02) uma reunião histórica entre importantes autoridades dos dois países. É a primeira vez que diálogo entre ambas partes acontece desde o fim da guerra civil de 1949. Realizado na cidade chinesa de Nanquim, o encontro teve a presença de Wang Yu-chi, ministro do Conselho de Assuntos da China Continental do governo taiwanês, e Zhang Zhijun, diretor do Escritório para Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado chinês.

No encontro, o representante de Taiwan, Wang Yu-chi (à esq.), cumprimenta o chinês Zhang Zhijun (à dir.)

Continuar lendo

Thatcher-Reagan e o neoliberalismo: a contrarrevolução travestida de reforma e modernização

A virada de período histórico operada pelo fim da URSS, pela passagem à hegemonia unipolar dos EUA e pela hegemonia do modelo neoliberal, representou um duro golpe para a esquerda. Mais além da desaparição do sistema soviético – que, antes mesmo de se avaliar sua natureza, representava um contrapeso ao bloco imperialista –, a derrota da esquerda foi de dimensões muito maiores.

Em primeiro lugar porque a crise soviética não desembocou numa solução de esquerda – como esperavam os trotskistas e poderiam supor os social-democratas –, mas numa alternativa plenamente capitalista, de direita.

Em segundo lugar, porque trouxe com ela a desmoralização do socialismo, do Estado, da economia planificada, da política, dos partidos, das soluções coletivas, junto com a desqualificação da esquerda, do movimento sindical, do mundo do trabalho.

Continuar lendo