Prêmio para bom governo africano não tem vencedor pela 2ª vez consecutiva

Premiação é destinada a líderes eleitos democraticamente e que deixam o cargo ao fim do mandato

Pela segunda vez consecutiva, o prêmio Mo Ibrahim, que contempla o bom governo na África, não foi entregue a nenhum líder do continente, segundo anunciou a fundação que o organiza nesta segunda-feira (14/10). A premiação é destinada a presidentes que foram eleitos democraticamente e saíram do cargo no fim do mandato, de maneira pacífica.

Joaquim Chissano, ex-presidente de Moçambique, primeiro líder africano a receber o prêmio Mo Ibrahim

Continuar lendo