Quatro mitos sobre os protestos

Refestelada em seus automóveis de luxo, parte da classe média defende o “bom senso” dos acomodados

Por Luis Fernando Vitagliano

Estudantes e insatisfeitos têm parado as grandes capitais do país em protestos contra o aumento do preço dos bilhetes de transporte coletivo. O Movimento pelo Passe Livre colocou-se à frente dos protestos, que começaram com chamadas pelas redes sociais e internet e foram se avolumando até pelo boca a boca. Agora, Policia Militar e manifestantes opõem-se nas ruas. Continuar lendo