Geopolítica da Copa do Mundo

Garrincha prepara-se para driblar, na Copa do Mundo da Suécia, em 1958

Brasil organiza torneio no momento exato em que mídia ocidental, ressentida, tenta demonizar BRICS. Mas países do Sul serão capazes de propor ordem global alternativa?

Por Pepe Escobar | Tradução: Vila Vudu

Numa das imagens que, até aqui, definem a Copa do Mundo, vê-se a Mannschaft alemã – a seleção alemã de futebol – confraternizando com índios pataxó, a poucas centenas de metros de distância de onde o Brasil foi “descoberto”, em 1500. Praticamente, um redescobrimento dos trópicos exóticos.

E há também a seleção inglesa, deitando e rolando à beira-mar, numa base militar, com o Pão de Açúcar como deslumbrante pano de fundo, sob uma parafernália de equipamentos e respectivo especialista científico em umidade e ventiladores industriais (afinal, haverá o “Duelo na Selva” contra a Itália, no próximo sábado, “nas profundezas da Floresta Tropical Amazônica”, como dizem tabloides britânicos.) Continuar lendo

Brasil repete para a Copa de 2014 os erros de mais de 60 anos atrás

Pesquisa revela semelhanças inesperadas entre o evento profissional com o semiamador de 1950

Obras atrasadas, sedes escolhidas por motivos políticos e incertezas até o último momento. Essa poderia ser a história da Copa de 2014. Mas, na realidade, são acontecimentos que marcaram a outra Copa do Mundo que ocorreu no Brasil, a de 1950, símbolo do esforço de um país para se projetar pela primeira vez internacionalmente. Um levantamento realizado por quatro pesquisadores e jornalistas – Beatriz Ferrugia, Diego Salgado, Gustavo Zucchi e Murilo Ximenes – revela como o Mundial de 1950 foi preparado, suas intrigas políticas e desafios. O futebol era outro. O Brasil certamente também era outro e a própria Fifa não é a megapotência que hoje controla o maior esporte do planeta. Continuar lendo

Futebol “deseduca” quando o assunto é Geografia

Vinícius Galante, do R7 publicado em 12/12/2009 às 06h03:

Foi-se o tempo em que era possível aprender geografia conferindo os dados dos países nos álbuns de figurinhas da Copa do Mundo. Nos dias atuais, o mundo do futebol criou uma nova dinâmica para o mapa mundi seja por razões políticas ou de rearranjo de forças.

Veja abaixo algumas dessas principais esquisitices geográficas:

Austrália na Confederação Asiática de Futebol:

A Austrália, que fica localizada na Oceania, está filiada à Confederação Asiática de Futebol desde 2006 e classificou-se facilmente para a Copa do Mundo de 2010

A Austrália, que fica localizada na Oceania, está filiada à Confederação Asiática de Futebol desde 2006 e classificou-se facilmente para a Copa do Mundo de 2010

Apesar de estar localizada na Oceania, a Austrália faz parte, desde 2006, da Confederação Asiática de Futebol. Era uma antiga reivindicação dos “cangurus”, que apesar de terem a supremacia do esporte em seu continente, não garantiam vaga direta para a Copa do Mundo. Tinham antes que passar por uma repescagem. Na nova geografia, eles se classificaram facilmente para o Mundial de 2010. Continuar lendo